Chinanews——
葡萄牙分社

Província central chinesa começa construção do Museu de Relíquias de Erlitou

 

A Província de Henan, no centro da China, começou no domingo a construção de um museu no local das ruínas de Erlitou que têm 3,7 mil anos de história.

O Museu de Relíquias de Erlitou, que terá uma área de 14 hectares, custará 6,3 bilhões de yuans (US$ 92 milhões) e terá sua construção concluída em outubro de 2019, segundo Liu Wankang, prefeito da cidade de Luoyang, na cerimônia de lançamento da construção do centro.

Uma vez completada, a instalação se tornará um centro de pesquisa nacional para pesquisar a história da Dinastia Xia (2070 -1600 a.C.), a primeira dinastia registrada na antiga China.

Erlitou, que foi descoberto em 1959 em Luoyang, foi identificado pelos arqueólogos chineses como as relíquias da antiga capital de meados e do final da Dinastia Xia.

O Parque Arqueológico de Erlitou, de 40 hectares, também começou sua edificação a fim de proteger as construções do palácio e das oficinas de fundição de bronze no local.

O museu e o parque arqueólogo ajudarão as pessoas a conhecer a antiga cultura chinesa, segundo Gu Yu, subdiretor da Administração Estatal de Patrimônio Cultural da China.